Pular para o conteúdo principal

Juarez Anunciação e o especial sobre TARZAN O REI DA SELVA

Nove coisas surpreendentes sobre Edgar Rice Burroughs


Esse nome deve soar vagamente familiar para o leitor desatento, mas suas influências estão por toda parte. Edgar Rice Burroughs foi um escritor prolífico do começo do século 20, que ficou mais conhecido por ser o criador do personagem Tarzan. No entanto, isso está para mudar! Uma de suas mais famosas criações, o herói épico John Carter, ganhou vida nas telonas em março de 2012. Para acabar com essa injustiça, fizemos uma lista das 9 coisas sobre a vida de Burroughs que todo mundo deveria saber.
1- A saga de John Carter é considerada uma das mais influentes séries de ficção científica de todos os tempos.

Burroughs começou a trabalhar no primeiro livro da série, Uma Princesa de Marte, em 1911, aos 35 anos. Muito tempo depois, sua influência continua tão grande que não pode ser desassociada de filmes como Avatar e a saga Star Wars.
“Em Avatar, eu pensava em fazer algo usando a essência de Edgar Rice Burroughs, algo como John Carter de Marte.
– James Cameron para o The New Yorker, 2009.
2- Ray Bradbury chamava Burroughs de “o mais influente escritor do nosso século, sem exceções.”

Bradbury – autor de dezenas de livros, incluindo o clássico Fahrenheit 451 – costumava enfatizar a influência de Burroughs. “Oferecendo romance e aventura a toda uma geração de garotos, Burroughs estimulou-os a sair por aí e a querer se tornar pessoas especiais”, afirmou o autor. “Eu tenho conversado com bioquímicos, astrônomos e tecnólogos de várias áreas que, quando tinham 10 anos de idade, eram apaixonados por John Carter e Tarzan. Foi por isso que eles decidiram fazer algo romântico. Burroughs mandou a gente pra Lua.”
3- O personagem do ator Noah Wyle em “Plantão Médico” se chamava John Carter.

Criador da série “Plantão Médico” (“ER”, no original), Michael Crichton lia as histórias de John Carter quando era garoto. Elas tiveram profunda influência em seu trabalho, tanto que Crichton deu o nome de John Carter a um dos principais personagens do seriado – interpretado pelo ator Noah Wyle –, fazendo assim uma homenagem aos livros que ele amava.
4- A Cratera Burroughs em Marte

Uma larga cratera marciana (104 quilômetros de diâmetro), localizada na latitude 72.5S / longitude 243,1W, foi nomeada Burroughs após a morte do autor. Você conhece alguém que dá nome a uma cratera em Marte graças à influência de suas histórias? Acho que não, né?!
5- Tarzana, na Califórnia, é o nome de um rancho que pertenceu a Burroughs. Ele foi assim batizado por causa de sua mais famosa criação: Tarzan.

Por volta de 1919, Burroughs comprou um rancho no interior de Los Angeles e nomeou-o Tarzana, em razão do sucesso de  seu personagem mais famoso. Com o tempo, uma comunidade começou a crescer em volta da propriedade e, posteriormente, seus habitantes elegeram o nome de Tarzana para designar cidade.
6- Os livros de Burroughs inspiraram Arthur C. Clarke a começar a escrever.

Clarke é um dos maiores nomes da literatura de ficção científica – seu trabalho mais conhecido é 2001: Uma Odisseia no Espaço. Ele amava a série de John Carter quando era criança, e revelou que foram esses livros que o inspiraram a escrever histórias sobre aventuras espaciais.
7- Burroughs foi o primeiro escritor a se transformar em uma empresa, e depois de 1931 publicou todos os seus livros por conta própria.

A Edgar Rice Burroughs, Inc. foi fundada em 1923. Essa iniciativa foi considerada uma inovação no mercado. Embora Burroughs não tenha sido o primeiro autor a se autogerenciar, foi o primeiro a fazer isso com sucesso. A companhia continua em atividade até hoje em Tarzana.
8- Burroughs é descendente de Edmund Rice, um parente distante de Laura Ingalls Wilder e do presidente Calvin Coolidge.

Edmund Rice foi um dos primeiros imigrantes a se estabelecer na Colônia da Baia de Massachusetts. Apesar de ter uma vida pessoal modesta – foi cofundador da cidade de Sudbury e diácono na Igreja Puritana –, ele teve 10 filhos, de alguns dos quais descenderam os  fundadores dos Estados Unidos.
9- Após testemunhar os bombardeios de Pearl Harbor, Burroughs tornou-se correspondente de guerra em 1942.

Depois de grandiosa carreira como escritor, Burroughs ficou tão comovido com o bombardeio de Pearl Harbor que, mesmo aos 66 anos de idade, pediu permissão para atuar como correspondente de guerra, arriscando a vida para relatar tudo o que acontecia no segundo conflito mundial. Nessa época, ele escreveu uma carta para seu neto dizendo: “Se sua geração for mais inteligente que as passadas, provavelmente não haverá mais guerras”.
Acabamos de lançar “Os Deuses de Marte”, o segundo livro da saga do herói épico John Carter que dá continuidade as aventuras iniciadas em “Uma Princesa de Marte”.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Como usar o Grafite. Seja um mestre Hiper Realista

Por; Juarez anunciação
Me adiciona lá no Facebook; https://www.facebook.com/juarez.anunciacao.16




Quem esta iniciando é normal não ter muitos materiais, mas alguns são indispensáveis como o lápis 6B, com certeza ele vai dar um resultado mai satisfatório ao trabalho, também tem o lápis 3B que não chega a ser uma prioridade mas ajuda bastante na hora de fazer tons mais claros e suaves, o esfuminho também é um material muito interessante , ele ajuda a dar efeitos importantes ao trabalho facilitando o sombreamento em algumas partes, e uma borracha de preferência macia, apenas com esses três materiais já é possível fazer um bom trabalho.


2°- UMA BOA IMAGEM Para um bom resultado no desenho de observação depende também da escolha de uma boa imagem. Uma imagem pequena ou com baixa resolução esconde detalhes importantes que podem fazer muita diferença no resultado final do seu trabalho. Então procure trabalhar com imagens nítidas, com boa resolução e tamanho adequado para que pequenos detalhes não …

Todas as Histórias da Saga Bahia-Man Universo HQ, Criada em 2003 por Juarez Anunciação

Da Redação

A gora cada time de futebol no planeta Terra é Um Super Herói.  na batalha sem fim nesse universo existe um homem de aço entre nos...

Ba-Vi é o nome que se dá ao clássico do futebol em que se enfrentam os dois principais clubes da cidade de Salvador, o Esporte Clube Bahia e o Esporte Clube Vitória.
É provavelmente o maior clássico da Região Nordeste do Brasil e um dos maiores do Brasil, envolvendo o Esquadrão de Aço e o Leão Rubro-Negro, em confrontos desde 18 de Setembro de 1932 (Bahia 3 x 0 Vitória) com a maior parte deles sendo disputados no Estádio da Fonte Nova.
Em nove edições do Campeonato do Nordeste, o Ba-Vi decidiu três, com duas conquistas do Vitória (1997 e 1999) e uma do Bahia (2002), sendo este o único clássico estadual a chegar na final deste campeonato regional.


Dentre os resultados recentes, porém, o Vitória tem tido superioridade sobre seu maior rival, o que em tempos anteriores ocorria ao contrário, quando a superioridade era Tricolor.
Agora é Guerra! o Ba-V…

Conheça as gêmeas que compartilham o mesmo namorado e já gastaram quase 600 mil reais para se manterem idênticas

Da Redação

Agora você vai conhecer as gêmeas mais idênticas do mundo, que gastaram quase 600 mil reais em cirurgia plástica e até mesmo compartilham o mesmo namorado.

Lucy e Anna DeCinque acabaram com suas poupanças em implantes mamários, injeções nos lábios, sobrancelhas e cílios falsos, para se certificarem de que se parecem exatamente uma com a outra.
As jovens de 28 anos, que nasceram apenas com um minuto de diferença uma da outra, comem as mesmas refeições, saem sempre juntas e compartilham a mesma conta no Facebook.
Gêmeas mais idênticas do mundo, que gastaram quase 600 mil reais em cirurgia plástica e até mesmo compartilham o mesmo namorado, se tornaram sucesso no Japão recentemente. Lucy disse: “Nós podemos até mesmo sentir a dor do outro, como no dentista, que é uma coisa de gêmeas.”



A dupla, de Perth, Austrália, atualmente está namorando o mecânico Ben Byrne.
Elas disseram ao canal Seven Sunrise: “Nós tivemos namorados separados no passado e não deu certo, mas agora é muito mais fá…