Tex willer seus amigos e inimigos


MEU NOME É TEX!



Foi no dia 30 de setembro de 1948 que surgiu a primeira história de Tex. Chamava-se 'Il Totem Misterioso". Com o balão "Por todos os diabos, será que ainda estão nas minhas costas?", começava a saga de um dos mais famosos cowboys dos quadrinhos. De 1948 a 1967 foram 36 histórias no formato de tiras semanais. No começo, Tex cavalgava sozinho, seu cavalo Dinamite nem tinha nome e ele era fora-da-lei.[2]
Tex foi criado pela dupla Giovanni Luigi Bonelli e Aurelio Gallepini. No começo, as histórias eram publicadas no formato de tiras com no máximo 3 quadrinhos. Cada semana saía um gibi com 32 páginas (32 tiras) e uma aventura levava várias semanas para chegar ao fim, levando os leitores a comprar as próximas edições.[2] Essa estratégia culminou num sucesso incrível na Itália. Inicialmente apenas mais um personagem entre tantos outros que apareciam naquela época, o ranger fez tanto sucesso que se decidiu pela publicação de uma revista. As tiras foram todas compiladas, sendo que em cada página da revista havia no máximo 3 tiras, como hoje.
Apesar de o público em geral poder considerar as histórias pouco apelativas devido ao fato do seu grafismo a preto e branco, os admiradores das aventuras de Tex salientam a riqueza de informações, referências e verosimilhança histórica.
Além de muita ação em todas histórias, com chumbo grosso voando por todos lados, o que torna a leitura interessante é o conhecimento que as histórias trazem. Você fica por dentro da cultura dos índios, da vida dos pioneiros, de episódios marcantes e reais na história dos Estados Unidos da América, dos hábitos da época… Detalhes mínimos foram pesquisados antes de tornarem-se texto e desenhos, para que o leitor tivesse a noção exata do ambiente em que se passavam as aventuras. Tex pretendia aliar cultura e diversão e isso pode justificar o seu sucesso em muitos países do mundo.

Uma coleção de Tex, mostrando Tex Edição Histórica no alto e edições de Tex Gigante embaixo
Outro fator decisivo para o sucesso é o bom humor presente nas histórias. A comédia acontece principalmente quando Kit Carson, o parceiro de Tex, começa com sua onda de pessimismo e reclamações.
Mas não há dúvida que o principal motivo que faz de Tex um sucesso é a ação constante das aventuras e o senso de justiça. Tex é um atirador preciso tanto com o rifle como com a pistola e não nega ajuda a quem quer que seja para combater injustiças. Também é um ótimo cavaleiro e sabe usar muito bem a faca e o laço. Além disso, Tex bate forte. Quem já experimentou enfrentá-lo no braço teve a chance de trombar seu queixo contra os nós do punho do ranger.
As histórias de Tex jovem se passam por volta de 1860, nesse período vemos Tex no rodeio e nas ações durante a Guerra Civil Americana (1861-1865). Já Tex quarentão e com o filho Kit Willer, bem como com Kit Carson de cabelos brancos, remonta ao período de 1880-1890.
Tex é um Ranger do Texas, uma espécie de polícia especial dos Estados Unidos. Enquanto os xerifes são a autoridade maior numa cidade, Tex é o representante da lei em qualquer lugar do Estado por onde passa. Além disso é o chefe dos navajos, bem como seu agente indígena para tratar com o governo os destinos da tribo.
Por sua bravura e perícia, Tex é requisitado pelo comando dos rangers a atuar em missões delicadas e especiais, mesmo em outros Estados e mesmo fora dos limites territoriais dos EUA. Muitas vezes Tex perseguiu bandidos no México, nas frias terras do Canadá ou em casos extremos na Colômbia, na Argentina/Bolívia e até mesmo na Oceania.
Tex normalmente recebe carta branca para agir e fazer cumprir a lei, sendo-lhe confiadas missões variadas. Contrabandos de armas, assaltos a trens ou bancos, roubo de manadas inteiras, xerifes abusando de sua pataca para explorar o povo são apenas casos mais comuns, dentre tantos que Tex tem que enfrentar. Para isso, ele conta com a ajuda de seus pards: Kit Carson, Kit Willer e o índio navajo Jack Tigre.

Senso de justiça



 A edição historica numero 47 Editora Vecchi contou como foi o passado de Tex, como ele tornou-se um justiceiro. Vaqueiro num rancho no Texas, na fronteira com o México, Tex vivia com seu pai Ken Willer, com seu irmão Sam e com um velho amigo da família, Gunny Bill, que foi quem ensinou Tex no manejo com as armas. Quando bandidos mexicanos roubaram uma partida de gado da família e mataram o pai de Tex, este revoltara-se e, mesmo contrariando seu irmão, atravessa a fronteira atrás dos larápios, fazendo justiça com as próprias mãos. Perseguido pelos rurales, policiais mexicanos de fronteira, consegue escapar, mas desgosta-se a partir de então da vida de vaqueiro, abandonando o rancho para o irmão e saindo sem rumo. Arranja emprego no Circo dos Irmãos Corlis e ali passa a fazer parte dos rodeios, onde revela-se um autêntico ás, ganhando vários prêmios, inclusive seu cavalo Dinamite, que o acompanharia por praticamente todas as aventuras dos primeiros tempos. Passado algum tempo, chega a notícia de que seu irmão Sam havia sido assassinado. Decidido a obter a vingança pela morte do irmão, Tex vai ao encalço dos assassinos e, outra vez, faz justiça pelas próprias mãos, passando a ser então perseguido pela lei - tal como o conhecemos em setembro de 1948, um fora-da-lei perseguido e com o nome estampado em cartazes de recompensa.


tex e seus amigos...














INIMIGOS DE TEX




 

DESENHOS DO TEX...






















Postagem em destaque

Aprenda a desenhar , rostos, mãos, pes, desenho da figura humana, seja um mestre da Arte do Hiper realismo, domine essa arte

Por; Juarez anunciação Me adiciona lá no facebook galera; https://www.facebook.com/juarez.anunciacao.16 Figura humana - Proporções O...