quarta-feira, 29 de março de 2017

Historiador afirma que moeda do século I traz a primeira e única imagem realista de Jesus Cristo

Por; Juarez Anunciação



rosto-na-moeda

Um historiador britânico bíblico, Ralph Ellis, de 59 anos, afirmou que uma moeda de bronze datada do século I d.C. é a primeira e única imagem que verdadeiramente retrata o rosto de Cristo. De acordo com o Daily Mail, ele argumentou ainda que Jesus e o Rei Manu, governante de Edessa, são de fato a mesma pessoa e que tal conclusão é “uma das descobertas mais importantes da História Moderna” – embora críticos considerem que haja inconsistências em seu ponto de vista.
Durante séculos historiadores têm discordado sobre a verdadeira aparência de Jesus. No entanto, a pequena moeda que traz a representação de um homem barbudo foi apontada pelo britânico como uma solução para o mistério. Embora até hoje tenha sido associada ao rosto de um governante do reino mesopotâmico de Edessa, atual sudeste da Turquia, Ellis resolveu acrescentar um ponto controverso à histórica descoberta.
rosto-na-moeda
Ellis argumentou que após 30 anos de pesquisa, é capaz de confirmar que o Rei Manu e Jesus Cristo eram, de fato, a mesma pessoa. Considerando sua descoberta “ ”, o historiador estudou a vida de ambos personagens históricos referenciando todas as evidências registradas e hipotéticas.
 
O historiador britânico disse estar convencido de que “além de qualquer dúvida razoável”, o mesmo homem foi referido por dois nomes: “Rei Izas Manu”, e “(Rei) Jesus Emmanuel”. Logo, se sua afirmação estiver correta, a imagem da moeda é a primeira e única representação de Cristo.

rosto-na-moeda_1

Embora a pessoa de Jesus Cristo seja uma das figuras mais representadas em toda a arte ocidental, não há uma descrição física considerável dela na Bíblia. Sua imagem mais familiar é a do rosto de um homem branco, de cabelos longos e vestes brancas, que atualmente é bem explorada pelas igrejas.
 
Tirando os Evangelhos, há poucas e preciosas evidências que atestam a existência real da figura de Cristo”, disse. “Embora isso não seja um problema para aqueles que estão satisfeitos com sua fé, que eu entendo e respeito, como historiador isso é profundamente perturbador”.
 
Eu fiz o trabalho de minha vida tentando reconectar eventos bíblicos e pessoas com relatos conhecidos”, continuou. “E Jesus – provavelmente a figura mais importante da história ocidental – merece ser trazido das sombras bíblicas para a luz da história geral”.
 
A moeda é a cereja do bolo e, finalmente, ajuda a construir um argumento forte para a verdadeira identidade e genealogia do Jesus bíblico”.
 
A coroa tradicional dos monarcas de Edessa era, como pode ser visto nas moedas, feita de espinhos trançados”, explicou. “O fato de que Jesus foi o único condenado a ter sido forçado a usar uma coroa de espinhos quando foi levado a sua execução aponta para uma conexão com este rei”.
 
Também é dito que Jesus usava uma túnica roxa, que era um símbolo de poder e só poderia ser usado por imperadores romanos. Desobedecer esse hábito era algo punível de morte”, continuou. “Minha teoria é que Jesus foi forçado a usar esta coroa na história bíblica porque ele, ou mais corretamente o rei Izas Manu, tinha tentado derrubar os romanos”.

Tanto a coroa como o manto eram declarações abertamente políticas, advertindo contra novas revoltas contra Roma”.
 
Por outro lado, críticos à teoria conseguiram destacar algumas falhas e inconsistências sobre a hipótese, especialmente sobre os cronogramas entre as vidas de Jesus e Izas Manu VI. Eles apontam que a moeda síria, que diz “Rei Manu” em aramaico, possivelmente foi cunhada para Manu VIII, conhecido por ter vivido 70 anos depois de Izas Manu VI.
 
Afirmando ainda estar pronto para lidar com o que chama de “fundamentalistas religiosos”, uma vez que publicou um livro sobre o assunto em 2012 e desde então tem recebido muitas críticas, ele mesmo considera que a conexão entre os dois homens é controversa, embora seja demasiado evidente para ser considerada coincidência.
 
Qualquer coisa que contradiga a história ortodoxa de Jesus, que se tornou central para a igreja por mais de 1.500 anos, provavelmente atrairá muitas críticas”, disse. “Mas, quando visto de uma perspectiva histórica o caso é muito forte para que Jesus Emmanuel e Izas Manu sejam a mesma pessoa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Aprenda a desenhar , rostos, mãos, pes, desenho da figura humana, seja um mestre da Arte do Hiper realismo, domine essa arte

Por; Juarez anunciação Me adiciona lá no facebook galera; https://www.facebook.com/juarez.anunciacao.16 Figura humana - Proporções O...