Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2016

Conheça o novo Chevrolet Prisma 2017

A Chevrolet do Brasil lança a linha 2017 do sedã compacto Prisma, que, assim como o Novo Onix, traz aperfeiçoamentos estéticos, de conteúdo, tecnologia e design. Neste artigo vamos relacionar as alterações, preços, dados de consumo e desempenho.


Uma das principais novidades do novo Chevrolet Prisma 2017 é o sistema multimídia Mylink2, que permite maior integração entre o veículo e o smartphone do usuário, e que agora também conta com o sistema OnStar - tecnologia permite, por exemplo, comandar funções do veículo pelo aplicativo para celular, como bloquear e localizar o automóvel em caso de roubo, receber orientações de navegação e socorro em caso de acidente. O vídeo a seguir mostra o veículo em detalhes.


Além disso, há alterações visuais na dianteira e traseira, melhorias no acabamento interno e a maior oferta de itens de conforto e comodidade. O conjunto mecânico recebeu um pacote de evoluções com foco na redução do consumo de combustível.


Batizado de sistema ECO, esse conjunto inc…

“O Maraca é nosso”, gritam torcedores por mais partidas no palco da inédita medalha de ouro dos Jogos Olímpicos

Por; André Avelar e Dado Abreu, do R7, no Rio Seleção brasileira foi festejar com quem sempre lhe deu a mão no Maior do Mundo


Rafinha Alcantara comemora o ouro com a torcida brasileira Yves Herman/Reuters
A primeira edição dos Jogos Olímpicos na América Latina proporcionou o que só a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) não sabia: “O Maraca é nosso”. Foi neste sábado (20), no lendário estádio, palco de duas finais de Copa do Mundo, que a seleção verde-amarela completou com a medalha de ouro sua rica história.
Desde antes do apito inicial da decisão do torneio, os mais de 60 mil torcedores faziam uma festa como poucas vezes vista na história dos Jogos Olímpicos. Os estúpidos gritos de “Maradona cheirador” e falso apoio aos “mil gols” de Pelé foram substituídos por cantos infinitamente mais originais e embalaram a seleção brasileira até o velho conhecido “é campeão”.
Ao ritmo de “pula, sai do chão, quem é pentacampeão”, os jogadores se multiplicaram no campo do Maior do Mundo. O time abr…

É ouro! Brasil bate Alemanha nos pênaltis e fica com a sonhada medalha no futebol

André Avelar e Dado Abreu, do R7, no Rio Em noite inspirada de Neymar, seleção e torcida fizeram festa histórica no Maracanã Veja a galeria completa Neymar comemorou gol brasileiro com raio de BoltMurad Sezer/Reuters Não há mais título que o futebol brasileiro não tenha conquistado. Mesmo que não seja o troco corrigido pelo 7 a 1, o Brasil bateu a Alemanha neste sábado (20), nos pênaltis (5 a 4), e conquistou o primeiro ouro olímpico de sua história em pleno Estádio do Maracanã. O nome do jogo não podia ser outro: Neymar.
Carregada de expectativa, a decisão começou com as duas equipes trabalhando bastante a bola e tentando encontrar espaços na defesa adversária. Pelo lado do Brasil, o volante Renato Augusto, que fez uma partida excepcional, era o principal articulador das jogadas, além de se mostrar perfeito na marcação.
Mas a primeira boa chance não foi da seleção brasileira. Brandt recebeu na entrada da área, chutou colocado e acertou o travessão de Weverton para desespero do Maracanã. Er…

Usain Bolt dá novo show nos 200 m e garante oitavo ouro em Olimpíadas

Do R7

Atleta jamaicano fatura a sua prova favorita e fica com mais um ouro na Rio 2016



Usain Bolt é o dono da medalha de ouro nos 200 m dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. O jamaicano fez história nas pistas do Engenhão ao vencer a prova em 19s78.
Como era de se esperar, em sua prova favorita, o jamaicano dominou a prova do início ao fim, chegando ao lugar mais alto do pódio novamente na Rio 2016.
O dono da medalha de prata foi o canadense Andre De Grasse, medalhista de bronze nos 100 m rasos dos Jogos Olímpicos do Rio. Quem completa o pódio é o francês Christophe Lemaitre.

Assista aos programas da Record no R7 Play

Atenção;
 Olá amigos, alunos, admiradores e leitores deste blog, estou precisando mais do que nunca da ajuda de vocês, depositem 2, 5, 10, 50 , 100  não vou especular valores o que vocês poderem , e ficarei grato. ao fazer isso estará ajudando a manter esse blog no ar, sem contar que terá novas matérias aulas de desenhos realista,  esculturas, como criar seus Mangás ou HQs,
Se …

Com arrancada no final, Martine Grael e Kahena Kunze conquistam o ouro na vela

Do R7 Essa é a 18ª medalha olímpica da vela para o Brasil, o segundo esporte mais vitorioso Martine Grael e Kahena Kunze conquistaram a 14ª medalha do Brasil na Rio 2016Matthias Hangst/Getty Images No último dia de competições da vela na Rio 2016, o Brasil enfim conseguiu uma medalha em um dos esportes que mais subiu ao pódio na história das Olimpíadas. Na categoria 49er FX, a dupla Martine Grael e Kahena Kunze venceram a regata da medalha e conquistaram o ouro.
Com 18 medalhas, a vela é o segundo esporte com mais medlahas olímpicas, atrás apenas do judô, com 22.
E Martine ainda escreve mais uma vez o nome dos Grael na história, com a oitava medalha da família. Torben Grael, seu pai, tem cinco medalhas (ouro em Atlanta 1996 e Atenas 2004; prata em Los Angeles 1984; e bronze em Seul 1988 e Sidney 2000), enquanto seu tio Lars conquistou dois pódios (bronze em Seul 1988 e Atlanta 1996).
Kahena e Martine chegaram à etapa final praticamente empatadas com outros três conjuntos: Espanha, Dinamarca…

Novo herói! Isaquias Queiroz conquista medalha de bronze para o Brasil na canoagem

Do R7 Baiano se tornou um dos atletas brasileiros com mais de um pódio em uma edição olímpica Isaquias Queiroz quer sua terceira medalha na Rio 2016REUTERS/Marcos Brindicci O Brasil tem um novo herói no esporte olímpico! Depois da prata na canoagem individual 1.000m, o canoísta Isaquias Queiroz conquistou nesta quinta-feira (18) a medalha de bronze na categoria C1 200m. Com o feito, o baiano igualou os nadadores César Cielo e Gustavo Borges como os atletas com mais medalhas em uma só edição das Olimpíadas.
Veja também: Após perder rim na infância, canoísta Isaquias Queiroz faz história na Rio 2016 e quer mais
Isaquias não largou bem e viu os adversários abrirem vantagem nos primeiros 100m.

Mas o brasileiro já mostrou que cresce durante as competições e, na reta final, se recuperou de maneira incrível e completou a prova com um tempo de 39s62, pouco menos que o ucraniano Iurii Cheban (39s27), que ficou com o ouro, e Valentin Demyanenko, do Azerbaijão, prata com 39s49.
Além dos dois pódios na…

Brasileiro quebra recorde nacional e vai à final do arremesso de peso

Da Agência Brasil Darlan Romani lançou a bola de 7,26 kg a 20,94 metros e garantiu classificação automática Darlan se classificou para a final na 3ª colocação geralREUTERS/Kai Pfaffenbach Em seu primeiro arremesso de peso na Rio 2016, o catarinense Darlan Romani, de 25 anos, superou sua melhor marca e quebrou o recorde brasileiro, lançando a bola de 7,26 kg a 20,94 metros.
Com a marca, Romani conseguiu passagem direta para a final, pois seu desempenho ficou acima do índice de 20,65 metros, que garante classificação automática.
Romani encontra-se na terceira colocação geral antes da final, mas a fase classificatória continua ao longo do dia e a situação pode mudar.
A final do arremesso de peso masculino está marcada para as 20h30 desta quinta-feira. A modalidade está nos jogos desde a primeira Olimpíada, em Atenas (1896). Romani é o único brasileiro na competição.

Atenção;
 Olá amigos, alunos, admiradores e leitores deste blog, estou precisando mais do que nunca da ajuda de vocês, depositem 2,…

A Gostosa da Olimpíadas Liliana Fernández Steiner joga vôlei de praia em Londres, mas tem talento para virar modelo internacional

1/8/2012 03h49 (Atualizado em 18/08/2016 00h41)

 Em quanto estamos preparando a lista com as mais  Gostosa da Olimpíadas RIO 2016, vamos reviver as emoções com a beleza de Liliana Fernández Steiner em Londres 2012, confira!


Liliana Fernandez Steiner, à esquerda da foto, joga vôlei de praia e defende a Espanha


Liliana só nas Olimpíadas de Londres, já que a jogadora é chamada de Lili pelos mais íntimos



A musa espanhola do vôlei de praia a os 25 anos e estuda turismo



Lili, que na foto observa a parceira salvar uma bola na partida contra uma dupla argentina, tem como hobbies ler e dançar



De costas, Lili comemora a vitória sobre a dupla argentina. A bela tem 1,78 m e 75 kg bem distribuídos



Além de linda, Lili, à esquerda, joga pelo time e comemora cada ponto conquistado nas areias da Grã-Bretanha.



Nesta foto, Lili, à direita, corre para abraçar a parceira Elsa Baquerizo... que também não deixa nada a desejar quando o assunto é beleza



Observada pela parceira, Liliana — ou Lili — tenta salvar ponto …

Como sobreviveu as Historias em Quadrinhos Brasileiras? Juarez Anunciação conta como e a sua maneira de criar HQs Brasileiras

Por: Juarez Anunciação



"A documentação é necessária   para poder desenhar com uma certa credibilidade.''




O meu modo de trabalhar com desenhos e historias  em quadrinhos sempre foi o mesmo. A partir dos primeiros tempos quando era impossível eu conseguia todo o material necessário  para me documentar. Antes de começar uma nova historia eu procuro entre os recortes de publicações que tenho num arquivo. Aqueles que podem ser uteis para o meu trabalho.



O leigo pode achar que graças a todo esse material, desenhar quadrinhos é brincadeira de criança. Nada mais que um cuidadoso trabalho de copia que qualquer um desde que dotado de um mínimo de talentos em desenhos , estaria em condição de fazer .

 Infelizmente não e assim. A documentação é necessária   para poder desenhar com uma certa credibilidade. O ambiente e os objetos , sabendo como posiciona-los . Mas um bom desenhista de quadrinhos deve acima de tudo , saber contar a historia com os desenhos em sintonia com o argumentista …