quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

Entrevista com a fã e coleccionadora: Elizabete Rocha (esposa de Jessé Bicodepena)

Entrevista conduzida por José Carlos Francisco.
Para começar, fale um pouco de si. Onde e quando nasceu? O que faz profissionalmente?
Elizabete Rocha: Eu chamo-me Elizabete Rocha, nasci em Minas Gerais na cidade de São Gotardo em 1976, sou professora de profissão, mas actualmente exerço a função de Coordenadora de meio ambiente na Secretaria Municipal de Meio Ambiente por ser Geógrafa, e entender de cartografia.
Quando nasceu o seu interesse pela Banda Desenhada?Elizabete Rocha: Eu sempre gostei de quadradinhos desde pequena e ajudou-me muito na leitura, com diversos personagens nas tirinhas de jornais.
Quando descobriu Tex?
Elizabete Rocha: Descobri o mundo de Tex através da paixão do meu esposo Jessé Bicodepena pelo personagem, porém quando o conheci só o ouvia comentar e sentir-se saudosista da leitura, pois ele perdeu toda a sua colecção muitos e muitos anos atrás. Então um dia fiz uma surpresa para ele comprando uma edição gigante em preto e branco que nem lembro o título, mas ele aqui ao meu lado lembra que foi a edição Gigante nº 20 “O Profeta Indígena” e alguns meses depois trouxe outra, e dessa vez uma edição do Tex Almanaque nº 38 “O matador de índios”.

Porquê esta paixão por Tex?
Elizabete Rocha: Não sei explicar direito, de repente senti-me envolvida por suas aventuras ambientadas em localidades onde ele facilmente identifica o clima, a vegetação e relevo sempre a utilizando em seu favor nos confrontos com os inimigos. Principalmente nas tácticas de guerrilha que ocorrem em seu habitat natural.
O que tem Tex de diferente de tantos outros heróis dos quadradinhos?Elizabete Rocha: Gosto de como ele valoriza a questão afectiva e as amizades.
Qual o total de revistas de Tex que você tem na sua colecção? E qual a mais importante para si?
Elizabete Rocha: Possuo somente a colecção Tex (edição definitiva) Colorida no total de 30 revistas. A mais importante é a edição nº 02 “Surge Mefisto”, e o álbum italiano lançado há pouco tempo pela Panini, mas porém contudo  toda a colecção do esposo Jessé Bicodepena que está em torno de mais de 2.000 revistas de todo acervo Bonelli é adquirida com minha autorização.

Para além de Tex que mais colecciona?Elizabete Rocha: A colecção da Julia Kendall e uma linda colecção com 37 estátuas da Betty Boop que ganhei do meu esposo.
Qual o objecto Tex que mais gosta de possuir?Elizabete Rocha: A minha colecção de Tex Colorida pois são lindas demais.
Qual a sua história favorita? E qual o desenhador de Tex que mais aprecia? E o argumentista?
Elizabete Rocha: A história é a edição nº 02 “Surge Mefisto”, desenhador o Galep e argumentista Gian Luigi Bonelli.


O que lhe agrada mais em Tex? E o que lhe agrada menos?
Elizabete Rocha: A questão da amizade e o seu código de justiça e o que menos me agrada é que ele é muito imediatista, pois não pára para descansar enquanto não solucionar o problema.

Em sua opinião o que faz de Tex o ícone que é?
Elizabete Rocha: Ele representa tudo aquilo que muita gente gostaria de ser mas não tem coragem.
Costuma encontrar-se com outros coleccionadores?
Elizabete Rocha: Muiiiiiiiiiiiito!!! Pois através do Clube Tex Brasil já fizemos várias amizades. Tivemos um encontro aqui em minha cidade em 2014, outro em São Paulo em 2015 e este último já este ano em Tangará no Sitio P.A.Z da família Pedro,  Adeniles e seu filho Zagor Bianchi, quero deixar aqui um abraço para eles e falar que já sinto saudades. Amei reencontrar o José Leonardus e sua esposa Arlete assim como Wilson Sacramento e a Viviane Ramos. Sem esquecer os demais Rangers e Lilyths que estiveram lá connosco nessa linda aventura texiana.

Para concluir, como vê o futuro do Ranger?
Elizabete Rocha: Vejo um futuro muito muito promissor, através desse movimento de divulgação e envolvimento dos leitores no Brasil. Para finalizar gostaria de ver uma história que Tex venha a encontrar um grande amor.




Prezada pard Elizabete Rocha, agradecemos muitíssimo pela entrevista que gentilmente nos concedeu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Aprenda a desenhar , rostos, mãos, pes, desenho da figura humana, seja um mestre da Arte do Hiper realismo, domine essa arte

Por; Juarez anunciação Me adiciona lá no facebook galera; https://www.facebook.com/juarez.anunciacao.16 Figura humana - Proporções O...