terça-feira, 21 de julho de 2015

R7 e TV Recorde é criticada pelo Artista Brasileiro Juarez Anunciação no PAN 2015

TV Record e Site R7 e citado por Juarez Anunciação como o maior veiculo de comunicação do mundo Pan 2015

Por; Juarez Anunciação

 

Valeu R7 valeu TV Record !


Valeu pelas noticias valeu pela informações, valeu pelos trabalhos prestados neste brilhante PAN2015, quero agradeces principalmente por não ter avido qualquer tipo de restrição, pois meu blog o Juaresdesenhos tem copiado descaradamente todas as matérias do do R7 nos jogos do Pan. fica o meu eterno agradecimento a todos os Editores, Redatores , Fotografo, em fim , a todos que de algum modo contribui para que a informação chegue de forma objetiva.
Não é atoa que o R& e hoje o maior canal de informação do planeta. fica ai o meus agradecimento, estamos ae juntos nesse Pan201, vocês do R e da TV RECORD vale Ouro!


http://rederecord.r7.com/pan-toronto-2015/aplicativo

 Pan Am Toronto 2015

Lançamento de dardo feminino rende mais um bronze para o Brasil no Pan

Do R7
Jucilene é irmã de medalhista no Pan de GuadalajaraAgência Luz/BM&FBOVESPA
Pintou mais uma medalha para o Brasil nos Jogos Pan-Americanos: participante da disputa de lançamento de dardo, Jucilene Lima levou a medalha de bronze no lançamento de dardo ao atingir 60,42 m em sua melhor tentativa.
Jucilene entrou na sexta e última rodada de lançamentos liderando a disputa, mas nessa última oportunidade acabou superada pela canadense Elizabeth Gleadle (62,83 m) e pela americana Kara Winger (61,44 m).
Acompanhe a programação da Record no R7 Play
Outra brasileira na disputa, Laila Domingos ficou com a quarta posição ao fazer 58,19 m.
Aos 24 anos, Jucilene praticava vôlei na adolescência, mas passou para o atletismo depois de passar a acompanhar a irmã, Jailma, nos treinos. Jailma, aliás, foi prata no revezamento 4 x 400 m no Pan de Guadalajara.
 
Comentário de Juarez Anunciação;  Parabéns Jucilene é isso ae você estar no caminho certo!

Brasileira Juliana dos Santos é ouro na primeira final de pista do atletismo no Pan

Por; Juarez Anunciação no Pan do R7


Juliana disputava os 5000 m pela segunda vez na carreiraReuters As disputas de pista do atletismo nos Jogos Pan-Americanos de Toronto começaram com uma excelente surpresa para o Brasil: fazendo a prova de 5000 m pela segunda vez na carreira, Juliana dos Santos conquistou a medalha de ouro na prova ao cruzar a linha de chegada na manhã desta terça-feira (21) com o tempo de 15min45s97.

Ao terminar a disputa, a própria Juliana parecia não acreditar em seu feito. Depois de um começo cadenciado na prova, ela arrancou para a vitória nos 600 m finais, quando conseguiu ultrapassar a mexicana Brenda Flores, que terminou a disputa com 15min47s19. O bronze ficou com a americana Kellyn Taylor, que fez 15min52s78.
Veja a programação da Record no R7 Play

A fundista brasileira tem um excelente incentivo em casa, pois é casada com Marilson Gomes dos Santos, campeão da Maratona de Nova York duas vezes e ouro nos 10000 m no Pan de Guadalajara. Curiosamente, Marilson não está em Toronto 2015, já que não conseguiu se recuperar a tempo de uma lesão na panturrilha esquerda.

Este é o segundo título pan-americano de Juliana: no Rio 2007, ela havia vencido a disputa dos 1500 m.
 

segunda-feira, 20 de julho de 2015

Brasil não esconde favoritismo para a semifinal do futebol nos Jogos Pan-Americanos

Do R7
As meninas do Brasil foram bem, superaram as donas da casa por 2 a 1 no último domingo (19) e se garantiram na semifinal do torneio feminino de futebol dos Jogos Pan-Americanos de Toronto, no Canadá.
O adversário, agora, é o México, time inferior tecnicamente à equipe canadense. Apesar de possivelmente encontrar menos dificuldades na semi, as brasileiras pregaram respeito às mexicanas depois da vitória do domingo.
"Entramos como favoritas [para a final], mas semifinal é semifinal. Então a gente espera um jogo muito difícil, vamos entrar com total seriedade para ganhar a partida e ir para a final", disse a atacante Alessandra Alves.
A jogadora também avaliou o desempenho contra o Canadá, uma das principáis seleções do Pan-Americano.
"Foi muito difícil. O Canadá era um dos favoritos para chegar à final e hoje o jogo foi duro. Fizemos uma boa partida e conseguimos fazer o resultado", completou. 
Companheira de Alessandra na seleção brasileira, Andressinha também ressaltou o resultado positivo do último domingo dentro da casa das adversárias.

"A gente fica feliz pela vitória. A gente jogou o tempo todo para ganhar, sabíamos que o Canadá é uma equipe forte e tem o fator de jogar dentro de casa, a torcida apoia e isso acaba incentivando o time delas, mas acabou dando certo e a gente saiu com a vitória", comemorou a meia.

 
Eu Juarez Anunciação não tenho duvidas sobre o favoritismo do Brasil!
Assista aos programas da Record na íntegra no R7 Play

Acompanhe a página de Pan do R7
 

Dia13: mulheres deixam Brasil perto da centésima medalha


Com mais ouros, delegação do país alcançou marca de 99 pódios na último domingo (19) em Toronto
O 13º dia brasileiro nos Jogos Pan-Americanos de Toronto, no Canadá, terminou com duas medalhas de ouro. Elas vieram com a equipe da ginástica rítmica e com Ana Satila, da canoagem. Além das douradas, quatro pratas e cinco bronzes fecharam o domingo (19) de competições do Brasil. A delegação brasileira ainda conseguiu outros bons resultados. O handebol masculino goleou o Uruguai e está classificado para as semifinais da modalidade. Já a dupla do vôlei de praia Vitor Araujo e Alvaro Magliano está nas finais, enquanto Lili e Carol perderam na semi. Quem também foi derrotado foi o basquete feminino, que perdeu para o Canadá e terá que disputar o bronze. No fim do dia, o Brasil continuou na terceira colocação no quadro de medalhas. O líder é os Estados Unidos, seguido de perto pelos donos da casa, o Canadá. Veja tudo o que rolouAssista aos programas da Record na íntegra no R7 Play

O 13º dia brasileiro nos Jogos Pan-Americanos de Toronto, no Canadá, terminou com duas medalhas de ouro. Elas vieram com a equipe da ginástica rítmica e com Ana Satila, da canoagem. Além das douradas, quatro pratas e cinco bronzes fecharam o domingo (19) de competições do Brasil. A delegação brasileira ainda conseguiu outros bons resultados. O handebol masculino goleou o Uruguai e está classificado para as semifinais da modalidade. Já a dupla do vôlei de praia Vitor Araujo e Alvaro Magliano está nas finais, enquanto Lili e Carol perderam na semi. Quem também foi derrotado foi o basquete feminino, que perdeu para o Canadá e terá que disputar o bronze.

No fim do dia, o Brasil continuou na terceira colocação no quadro de medalhas. O líder é os Estados Unidos, seguido de perto pelos donos da casa, o Canadá. Veja tudo o que rolou

Assista aos programas da Record na íntegra no R7 Play

sexta-feira, 17 de julho de 2015

Equipe do Brasil fatura o bronze no tiro com arco Marcus Dalmeida, Daniel Rezende Xavier e Bernardo Oliveira venceram trio cubano

Do R7
Brasileiros comemoraram o bronze em Toronto Pedro Paulo Ferreira Agência Lancepress
Na competição por equipes masculina o Brasil derrotou Cuba nesta sexta-feira (17) e garantiu a medalha de bronze.
Conheça o R7 Play e assista a todos os programas da Record na íntegra
Marcus Vinícius, Daniel Rezende Xavier e Bernardo Oliveira venceram Adrian Puentes, Juan Carlos Stevens e Hugo Franco por 5 a 3.
O Brasil não ganhava medalha no tiro com arco há 32 anos, desde o Pan de Caracas, em 1983. 
No feminino, as brasileiras não passaram das quartas de final.

Tiro esportivo dá mais um ouro para o Brasil

Do R7
Julio tinha sido bronze em Guadalajara 2011 Reprodução / Time Brasil
O tiro esportivo deu mais um ouro para o Brasil nesta sexta-feira (17). Na pistola 50 metros, Julio Almeida terminou em primeiro com 189.1 pontos. A prata ficou com Jorge Grau, de Cuba, com 186.8, e o bronze com o peruano Marko Carrillo Zevallos.
Em Guadalajara 2011, Julio havia levado o bronze na prova, assim como na pistola de ar de 10 metros.
Equipe do Brasil fatura o bronze no tiro com arco
No domingo (12), Felipe Wu representou o País no Pan de Toronto e saiu como grande campeão da prova de pistola de ar de 10 metros. 

quinta-feira, 16 de julho de 2015

Liderada por Bia e Branca, equipe de nado do Time Brasil no Pan posta foto com “selfie sincronizado”

Mesmo sem conseguir uma medalha em Toronto, meninas se despediram do Canadá com estilo

Do R7

Reprodução/Instagram
Você já ouviu falar em selfie sincronizado? Pois bem, foi exatamente o que a equipe brasileira de nado sincronizado fez durante o tempo livre na Casa do Time Brasil, em Toronto, no Canadá, cidade onde está sendo disputado os Jogos Pan-Americanos de 2015. Lideradas pelas gêmeas Bia e Branca Feres, as meninas, que não conseguiram medalha no torneiro, mostraram muita criatividade e bom humor para tirar a foto.


Palavras de Juarez Anunciação;  Pois é gatinhas não foi dessa vez! fica pra próxima oque vale e competir adorei a participação de vocês a nota do Juarez desenhos é 10! 



Conheça o R7 Play e assista a todos os programas da Record na íntegra!
"Primeiro selfie sincronizado do Time Brasil no Pan-Americano de 2015. Agora é Brasil! Goodbye, Toronto", postou o Twitter oficial das gêmeas do nado sincronizado.

Veja como está o quadro de medalhas do Pan-Americano
Sem suvir ao pódio no Pan-Americano de Toronto, o Time Brasil do nado sincronizado se despediu da cidade canadense no último domingo (12) e agora retorna ao país para seguir sua preparação de olho nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016.

Mascote do Pan 2015 exala carisma e rouba a cena nas redes sociais

Por; Juarez Anunciação

Pachi, o porco-espinho, representa Toronto na competição que começou  em 10 de julho!

Esqueça o Fuleco. O mascote do momento é o Pachi. O porco-espinho dos Jogos Pan-Americanos promete desbancar seu parceiro da Copa do Mundo. Recentemente, Pachi foi a atração da apresentação das medalhas para a competição que começa em 10 de julhoVídeo: Cesar Cielo e Arthur Zanetti se enfrentam e trocam de esporte

Esqueça o Fuleco. O mascote do momento é o Pachi. O porco-espinho dos Jogos Pan-Americanos promete desbancar seu parceiro da Copa do Mundo. Recentemente, Pachi foi a atração da apresentação das medalhas para a competição que começou em 10 de julho

Palavras de Juarez Anunciação; No Brasil eu e o pessoal da Redação Juaresdesenhos vamos tentar imortalizar o nosso Cardeal o Pica pau  Brasileiro

Perto de recorde no Pan, Thiago Pereira só faz o “básico” esta manhã em Toronto

Do R7
Thiago Pereira já soma três medalhas neste PanMárcio Fernandes/Estadão Conteúdo
Principal nome da natação brasileira nos Jogos Pan-Americanos, Thiago Pereira decidiu se poupar nesta manhã em Toronto. Além de só fazer o básico para se classificar à final da prova na qual é favorito, os 400 m medley, o atleta desistiu de participar das eliminatórias dos 100 m borboleta.
O motivo é simples: com 21 medalhas na história dos Jogos Pan-Americanos, Thiago Pereira está a apenas um pódio de se igualar ao ginasta cubano Erick Lopes, o maior recordista de todos os tempos. O feito pode se dar na noite desta quinta (16), com as finais da natação a partir das 20 horas  (horário de Brasília).

Sendo assim, Thiago preferiu não dar o máximo e avançou em quarto na sua especialidade, com 4min19s92, uma posição à frente do compatriota Brandonn Almeida (4min20s59).
Acompanhe toda a programação da Record no R7 Play
Nos 100 m borboleta do Pan, o Brasil não ficou sem representantes, apesar da ausência do astro: com o sétimo melhor tempo (52s85), Arthur Mendes estará na disputa por medalhas. Na versão feminina da prova, as brasileiras Daynara de Paula (58s70) e Daiene Dias (59s16) vão tentar subir ao pódio.
Já nos 400 m medley feminino, a delegação verde-amarela contará com duas representantes na final: Joanna Maranhão (quarta, 4min45s28) e Gabrielle Gonçalves (quinta, 4min55s65).
A manhã da natação no Canadá foi encerrada com o balizamento para o revezamento 4 x 200 m livre feminino, com o Brasil terminando em terceiro lugar (8min19s87), atrás de Estados Unidos (8min05s52) e Canadá (8min06s06).

Palavras de Juarez Anunciação; Vamos lá Tiago e que venha a medalha de preferencia Ouro!

Brasil passa a frente de Colômbia e Cuba no quadro de medalhas

publicado: 16/07/2015 11h42 última modificação: 16/07/2015 11h56
O desempenho da natação brasileira na quarta-feira (15), em Toronto, Canadá, levou o País ao terceiro lugar no quadro de medalhas nos Jogos Pan-Americanos. O Brasil soma 16 medalhas de ouro, 14 de prata e 25 de bronze e só fica atrás dos donos da casa, com 33 ouros, e dos Estados Unidos, que subiram 28 vezes no topo do pódio. Logo atrás do Brasil estão Cuba e Colômbia. Os dois países também conquistaram 16 ouros, mas ficam atrás no número de medalhas de prata.
Além das seis medalhas da natação, sendo três de ouro, o Hino Nacional também tocou na disputa do halterofilismo. O atleta Fernando Reis venceu a prova na categoria acima de 105 kg, ao levantar um total de 427 kg em quatro tentativas. A medalha de prata ficou com o Canadá e a de bronze, com o Equador.
O desempenho brasileiro também teve destaque no badminton, com duas medalhas de prata. As irmãs Luana e Lohaynny Vicente, além da dupla Daniel Paiola e Hugo Arthuso, perderam nas finais, mas garantiram lugar no pódio. No tiro rápido 25 metros, Emerson Duarte também levou a prata.
Goleada no futebol feminino de 7x1 contra o Equador
No futebol feminino, um placar que traz más lembranças para os brasileiros se repetiu. Mas, dessa vez, a nosso favor. A Seleção venceu o Equador por 7 a 1, com direito a cinco gols de Cristiane, sendo quatro deles de cabeça. "Tenho uma boa impulsão e aproveitei que elas não marcavam. Foi um alívio, na verdade, tirei um peso que estava carregando", disse a atacante ao site do Comitê Olímpico Brasileiro (COB). Cristiane havia deixado o mundial de futebol feminino, no mês passado, sem marcar nenhum gol.
Disputas de hoje
Hoje, em Toronto, o Brasil entra em ação no vôlei de praia e, no tênis feminino, a dupla brasileira Beatriz Haddad e Paula Gonçalves disputa o bronze com as argentinas Maria Irigoyen e Paula Ormaechea. O Brasil também volta a cair na água nesta quinta-feira. Nas eliminatórias da natação feminina, Joanna Maranhão e Gabrielle Roncatto disputam os 400m medley, enquanto Daiene Dias e Daynara de Paula nadam os 100m borboleta. As meninas dos 4x200 metros livre também competem hoje.
Na natação masculina, Arthur Mendes disputa as eliminatórias dos 100m borboleta e Brandonn Almeida e Thiago Pereira nadam os 400m medley.
 

Toronto inaugura Jogos Pan-Americanos de 2015 com lenda local "voadora" que "saltou" da CN Tower e com espetáculo do Cirque du Soleil


Ainda era dia no Canadá, onde tem escurecido às 21h30 (local), mas dentro do Rogers Centre o breu tomava conta da arena multiuso totalmente fechada. Exatamente às 20h desta sexta tinha início a abertura dos Jogos Pan-Americanos de Toronto 2015. Não, não teve Rainha, James Bond, Mr. Bean ou aspectos do tipo como na cerimônia olímpica de Londres 2012 – é completamente utópico comparar os dois eventos. Mas o show realizado em Toronto, comandado pelo Cirque du Soleil em uma de suas maiores apresentações e que contou com a entrada de uma lenda local do atletismo “voando” com a tocha, foi o suficiente para encantar e causar arrepios no público presente. A cerimônia ainda foi fechada com linda queima de fogos na gigante CN Tower, maior ponto turístico da cidade.
Para chegar a esta sexta, foram 22 semanas de ensaio (com um total de 1000 horas) em uma cerimônia que contou com 625 atores, sendo 569 da própria cidade-sede. A abertura, provavelmente, será um dos poucos eventos com estádio praticamente lotado no Canadá – por causa do circo, claro - ao que tudo indica, em um Pan marcado pela apatia local antes do evento.
Mesmo assim, os organizadores entregaram um show competente à altura do Pan. Em muitos momentos, houve o velho clichê de apresentações dos países, mas as surpresas e as acrobacias do Cirque du Soleil cativaram a galera. A aposta na companhia, que inclusive é canadense, foi certeira para o sucesso e a saída das “mesmices” de aberturas. A cerimônia de Toornto só irritou com longo discurso de Julio Maglione, presidente da Odepa, que fez até os sempre simpáticos canadenses se incomodarem nas arquibancadas. Confira o que de melhor aconteceu abaixo:

Pré-show tem Kuduro!


 Foto: Alejandro Ernesto / EFE
Mascote do Pan, o porco-espinho Pachi se divertiu na abertura
Foto: Alejandro Ernesto / EFE

Juarez Anunciação dos Santos o Juaresdesenhos em Toronto 2015!

Por Juarez Anunciação
 
Olá pessoal! vamos torcer pelo nosso Brasil em Toronto estarei aqui contando tudo que rolar ate mais , espero que gostem!









Postagem em destaque

Aprenda a desenhar , rostos, mãos, pes, desenho da figura humana, seja um mestre da Arte do Hiper realismo, domine essa arte

Por; Juarez anunciação Me adiciona lá no facebook galera; https://www.facebook.com/juarez.anunciacao.16 Figura humana - Proporções O...